Fantasia de criança

Escrito por Conversando com Educação. Publicado em Blog.

É interessante recordar como a vida de nossas crianças é repleta de personagens imaginários! Quem, um dia, não alimentou a imaginação desses seres humanos de pouca idade com a possibilidade da existência de figuras  que não fazem parte da vida real?

Se acreditar em fantasias é saudável para o desenvolvimento de qualquer criança, então que tal apresentá-la para o  Papai Noel, coelhinho da Páscoa e a fadinha do dente? Esse período não dura eternamente! Um dia, meninos e meninas irão em busca de respostas para suas inquietações! Sendo assim, enquanto é possível, vamos nos  deliciar com a inocência dessa garotada!

Eliza Amaral Martini é professora, pedagoga, escritora que adora escrever poesias e avó de quatro lindos netos. Suas produções são sempre inspiradas no seu dia a dia. Com seu pensamento mágico, juntou palavras, escreveu em versos, resgatou sua experiência de vida e, com muita sensibilidade, deu asas à imaginação rimando o dia em que caiu o dente do seu neto.

Confira!

 

                                 

  Dente de leite

                                              (Eliza Amaral Martini / julho 2015)

 

Meu dente de leite branquinho

Que eu escovei diariamente,

Hoje amanheceu mole, molinho

e mudou minha vida de repente.

 

Curioso, olhei-me no espelho

E fiquei até preocupado

Vi meu dentinho esquisito

Parecia que estava  virado.

 

Andei pela casa devagarinho

Sentei-me à mesa com cuidado

Mostrei a todos que meu dente

Num fiozinho estava pendurado.

 

Comi meu pão sem pressa

Tomei meu leite com canudinho

Conversei baixinho e pausado

Tentando equilibrar meu dentinho.

 

O resto do dia foi de surpresas

Todas em função do meu dente

Até meus amigos mudaram

Brincamos todos calmamente.

 

Na escola fiquei atento às aulas

Ao cai não cai do meu dentinho,

Mas numa distração durante o recreio

Perdi meu dente, coitadinho!

Em minha boca uma janelinha se abriu

E por um instante fiquei desapontado

Mas depois que o susto passou

Achei que tudo foi muito engraçado.

 

Cheguei em casa alegre e correndo...

Entre beijos e abraços fui filmado.

Pelo WhatsApp minha família aplaudia

O meu novo sorriso registrado.

 

À noite, no meu quarto antes de dormir

Combinei com a Fada do Dente:

- Te darei meu próximo dente que cair,

Mas em troca, quero ganhar outro presente.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Conversando com Educação - 2013. Desenvolvido por