Aprendemos ser responsáveis e ensinamos liberdade?

Escrito por Sonia Licursi. Publicado em Blog.

              

Atitudes de responsabilidade e de liberdade são essenciais na construção do sujeito e importantes para o desenvolvimento social humano.

A responsabilidade é um tema importante nas discussões sobre a ética contemporânea e coloca em destaque as relações humanas e suas qualidades.

Aprendemos ser responsáveis e ensinamos liberdade?

As ações responsáveis são aprendidas com: os cuidados e exemplos vividos entre pais e filhos, as relações escolares, as relações sociais e profissionais. Nesses diferentes ambientes, aprendemos quem somos,  observamos os exemplos, esperamos ser acolhidos e orientados nas ações.

Para vivermos temos regras a seguir. As regras têm o objetivo de preservar as qualidades das relações na vida em sociedade. Quando não são cumpridas, aprendemos com os limites e as sanções.

A liberdade acontece na medida que sustentamos com responsabilidade as próprias ações, compreendemos as situações e sabemos defendê-las com sentido.

Geralmente, quando temos excessos de regras e sanções, a ideia transmitida é a de que as ações não foram bem estabelecidas e faltou um sentido para construir um bem maior na vida social.

Não é mágico ser responsável.

Ser responsável é realizar ações. É saber o que faz, é ter consciência e garantir os próprios atos.

Aí descobrimos que temos um papel responsável e somos livres para pensar, argumentar e garantir as ações.

Assim ganhamos a liberdade pessoal.

Leia mais:

Texto: Nós somos nossos atos - Marcia Tiburi - Vida Simples - abril 2007- Edição 52

Conversando com Educação - 2013. Desenvolvido por