Hoje é dia de reunião familiar? Outra vez?

Escrito por Thaís Bechara. Publicado em Pais e Filhos.

A vida corrida, a falta de tempo são fatores que distanciam as pessoas do núcleo familiar. Almoços e até mesmo os jantares em família estão cada vez mais raros.

Sábado, domingo ou segunda-feira? Afinal, que dia da semana sua família se reúne em torno de uma refeição?

Tornar esse encontro um hábito pode virar uma agradável e rica experiência familiar.

Uma boa conversa agregada a uma boa comida em volta de uma mesa é irresistível!

Toda família tem muito assunto! Há sempre uma história inacabada que está a espera de um final. Tem também a história que você já ouviu mil vezes e alguém faz questão de relembrá-la. E, é claro, tem a história novinha que nem sequer foi postada nas redes sociais, e, com certeza, será motivo de divergências e opiniões diversas.

Não importa o dia, porque o que vale é o fortalecimento dos laços familiares. Por isso, reserve algumas horas durante a semana para sua família, deixe de lado suas atividades individuais. A internet pode esperar!

Para que esse dia seja lembrado com saudade e todos queiram voltar a se encontrar na próxima semana, que tal deixar o mau humor de lado? Não será hora para broncas, ameaças, cobranças e ofensas. Olhar nos olhos uns dos outros e resgatar sentimentos positivos são ingredientes que só contribuirão para que o evento tenha gosto de quero mais.

O ambiente preparado, a música afinada, o aroma sedutor e o sabor particular de uma reunião familiar farão desse momento uma ocasião especial. Pode ter reclamação, pode ter preocupação, mas tem que ter confirmação. Evento assim não vale ser desmarcado! 

Exclusivamente para você: ocupe seu papel de pai/mãe

Escrito por Conversando com Educação. Publicado em Pais e Filhos.

Mão no ombro, a boa conversa, o olho no olho, os ouvidos abertos e o coração atento são alguns ingredientes, de fabricação própria, que você pode escolher para tornar sua receita de educar especial.

Misture os ingredientes no tempo certo, coloque o açúcar com afeto, o sal com moderação e partilhe o sabor de sua arte com todos que estão ao seu lado.

No texto Pais, filhos e “amigos virtuais” dos filhos, Içami Tiba afirma que a formação de valores é da responsabilidade dos pais e não há saídas. Confira.

Conversando com Educação - 2013. Desenvolvido por