Crianças entediadas?

Escrito por Sônia Licursi. Publicado em Pais e Filhos.

“A busca da verdade e da beleza são domínios em que nos é consentido sermos crianças por toda vida.” Einstein

As brincadeiras antigas, os brinquedos de madeira, quebra cabeças, xadrez, tangran e outros tantos são sempre lembrados, sugeridos e, muitas vezes, confeccionados com a parceria das crianças. E de fato, são ideias interessantes para o entretenimento entre pais e filhos, irmãos e amigos.

Lembro-me quando meus filhos eram pequenos e nos divertíamos com a montagem de quebra-cabeças. Uma brincadeira escolhida pelos adultos onde crianças eram incluídas. Entre uma brincadeira e outra, a criançada participava de cada desafio proposto pelos adultos. Geralmente, os cenários escolhidos continham muitas peças e as crianças eram convidadas a   escolher uma parte para montar, seguindo as cores e formas que estavam presentes naquele pedaço.

Pensei neste exemplo porque   este   brincar significa olhar, explorar, agir com dicas e trocas, despertando percepções e construindo uma história com o fazer na companhia de um adulto.

Haja paciência!

Escrito por Thaís Bechara. Publicado em Pais e Filhos.

Ser paciente é uma virtude fundamental para saborear a arte do bem viver.

Durante toda a nossa existência somos testados nesse quesito.

Para começar, tivemos que esperar nove meses para nascer! Paciência para o bebê e para os pais!

Enquanto pequenos, a criançada é preparada (ou deveria ser)  a aguardar pela hora de mamar, brincar, ouvir histórias, ir para a escola, curar um machucado... Em alguns casos casos, com um choro ou uma reclamação o problema pode até ser resolvido.

Mas nem sempre é possível contornar a situação e, muitas vezes,  a paciência acaba! Sabe aquela hora que você não consegue ser ouvido, ou quando a nossa vontade não pode ser atendida? Pois é! Frustração na certa!

É preciso paciência para crescer, para esperar completar dezoito anos, para ler a lista de candidatos aprovados no vestibular, para envelhecer e até para encontrar a alma gêmea.

A vida vai se encarregando e nos ensinando a trabalhar com sentimentos diversos. É preciso paciência  para que haja plena condição no que se refere a  satisfação dos nossos próprios desejos!

Adultos saudáveis sustentam com as crianças a dura tarefa de ser paciente.

Conversando com Educação - 2013. Desenvolvido por